Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Santo André (SP) será a 1ª com obras sustentáveis

Santo André (SP) será a 1ª com obras sustentáveis

- 16 de outubro de 2013 643 Visualizações
Santo André (SP) será a 1ª com obras sustentáveis
 
Em tempos ecologicamente corretos, Santo André vai se tornar a primeira cidade entre as sete do ABCD que se utiliza do conceito de sustentabilidade nas obras públicas. Para isso, vai construir uma passarela ecológica, com total conceito verde, com a parceria entre prefeitura e Instituto Triângulo, que trabalha para a Educação Ambiental.
A obra terá estrutura metálica, erguida com matérias recicláveis em seu piso, na forração e iluminação, certificando o equipamento como sustentável.
O conceito ecológico parte do sistema de iluminação que se mantém carregando com energia solar durante o dia para iluminá-la à noite; passa por painéis de bambu, que retêm as impurezas do ar e diminui o calor; pela instalação de piso de borracha, utilizando pneus recicláveis, e pelo teto permeável.
A obra deverá ser iniciada em julho de 2014, contará com investimento de R$ 1,5 milhões e prevê a construção da passarela com estrutura metálica e rampas de acesso em concreto armado, de ajustes de geometria na alça de acesso da avenida Dom Jorge Marcos de Oliveira, Vila Guiomar.
A intervenção garantirá a segurança dos pedestres na travessia da avenida, além de melhorar a fluidez do trânsito, com a eliminação dos semáforos instalados no local.
Obras sustentáveis já são bastante utilizadas
Um canteiro de obras sustentáveis, por exemplo, já é utilizado na rodovia de concessão da Rota das Bandeiras, ao longo de 27 quilômetros entre as cidades de Jundiaí e Itatiba, São Paulo, que implica em adotar práticas que minimizam os impactos ambientais nos canteiros de obras, com alguns diferenciais.
Para organizações já estruturadas, a sustentabilidade é o que tem de inovador, o que mostra a vontade de ir além.
A primeira fase do projeto de Canteiros de Obras Sustentáveis, que foi o levantamento de todos os aspectos ambientais dos canteiros. Questões como erosão e sedimentação, uso racional de água, desempenho energético, gerenciamento de resíduos, qualidade do ar, ruídos e vibrações, foram observadas.
Nesta fase é identificada a presença ou não dos aspectos, sem defini-los como positivos ou negativos e que depois de identificados são analisados para detectar suas condicionantes, deficiências e potencialidades (CDP).
O objetivo é aproveitar as potencialidades para formular as propostas de ações mitigadoras de impactos ambientais. A sugestão de medidas irá acompanhar o andamento das obras.
Outro ponto importante é a conscientização ambiental de todos os funcionários, parte essencial para a efetividade e continuidade das práticas. Ainda são promovidas palestras e treinamentos sobre temas relacionados à sustentabilidade e sobre as propostas sugeridas. As obras de execução de viadutos, pontes e pistas geralmente envolvem escavação e compactação de terra, por exemplo e, por esse motivo, já são adotadas várias medidas preventivas, que podem mitigar os impactos ao ambiente, como erosão e sedimentação.