Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Indústria precisa formar 38,7 mil profissionais em Santa Catarina

Indústria precisa formar 38,7 mil profissionais em Santa Catarina

Diário Catarinense - 20 de março de 2014 734 Visualizações
 Indústria precisa formar 38,7 mil profissionais em Santa Catarina
Há vagas abertas em Santa Catarina em todos os setores: tecnologia, serviços, indústria e comércio buscam profissionais. Apesar das oportunidades, é preciso avançar na formação de mão de obra para suprir a demanda. 
Apenas para atender à necessidade no segmento industrial, o Estado precisa formar 38,7 mil trabalhadores até 2015. O número faz parte do Mapa do Trabalho Industrial, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). 
De acordo com o levantamento, entre os setores que mais necessitam de profissionais estão a construção civil (5,8 mil), a indústria de máquinas e equipamentos (4,1 mil) e a fabricação de produtos alimentícios e bebidas (5,9 mil). 
De acordo com outra pesquisa, o Mapa da Profissão Industrial, do Senai, a maior demanda em SC é por operadores de máquinas para costura de peças do vestuário; trabalhadores da indústria de alimentos (cozinheiros industriais); preparadores e operadores de máquinas-ferramenta convencionais; mecânicos de manutenção de máquinas industriais; padeiros, confeiteiros e afins. Na indústria, a região Sul do Brasil é a segunda que mais necessita de trabalhadores (137,6 mil) no país, perdendo apenas para a região Sudeste (311,5 mil).
Na área de tecnologia, uma pesquisa realizada pela Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) aponta que, em 2015, 11.771 vagas poderão estar abertas em todo setor. Entre os perfis de profissionais mais demandados estão analista desenvolvedor (1.047 postos de trabalho até 2015) e analista de sistemas (1.030).