Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Pernambuco poderá assumir a construção do Ramal de Suape da Transnordestina
Política

Pernambuco poderá assumir a construção do Ramal de Suape da Transnordestina

Diário de Pernambuco - 09 de agosto de 2021 476 Visualizações
Pernambuco poderá assumir a construção do Ramal de Suape da Transnordestina

Caso o Governo Federal decida não construir o ramal de Suape da Ferrovia Transnordestina, o Governo de Pernambuco poderá tomar essa responsabilidade para si. De acordo com o deputado federal Augusto Coutinho (Solidariedade), o governador Paulo Câmara (PSB) disse que o próprio estado viabilizará o terminal do Porto. “Se for o caso, vamos usar o recurso público do estado, mas nós vamos fazer esse terminal de Suape da Transnordestina, está tudo na nossa terra”, disparou o deputado. As declarações foram dadas ao programa Manhã na Clube, da Rádio Clube AM 720, apresentado pelo titular da coluna Diario Político, Rhaldney Santos.

“O governador já se posicionou disso, vamos naturalmente lutar para que Pernambuco não saia prejudicado”, continuou o deputado. Coutinho ressaltou que o estado teria a infraestrutura e todas as condições técnicas para segurar uma obra deste tamanho. “Temos um terminal de tatuoca que é uma ilha aqui, isso pode ser um terminal de minérios”, explicou. O parlamentar ressaltou que isso não era uma briga com o Porto de Pecém, e que o acordo inicial era que os dois trechos fossem construídos. "Não queremos descartar pecém, a gente só não aceita que não façam Suape também”, comentou.

O deputado afirmou que a bancada dos parlamentares pernambucanos enxerga diversas incoerências na fala do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, quando ele divulgou que apenas o ramal do Porto de Pecém seria construído, por agora. “Eu não tenho dúvidas de que o Ministro se antecipou equivocadamente”, disparou o deputado. Coutinho apresentou os argumentos de que Suape tinha mais viabilidade econômica, além de ser um trecho menor a ser construído, portanto, mais barato. Augusto também destacou que um documento assinado pela bancada pernambucana já foi enviado para o Ministro e haverá um pedido de audiência com o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) para discutir o tema. “Não quero levar essa questão para a rinha política [...] Queremos os dois trechos”, comentou.

“O governo vai acatar esse interesse da concessionária? Se sim, vamos ao TCU para que o órgão se pronuncie, porque o contrato está sendo quebrado”, destacou o deputado. Além disso, Coutinho falou que, caso o governo federal não construa o ramal de Suape, o governo estadual utilizará recursos públicos de Pernambuco para assumir a obra. “Vamos fazer esse terminal de Suape da transnordestina, está tudo na nossa terra”, disparou. O deputado também respondeu às falas do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que afirmou que o governo de Pernambuco não oferece incentivos para atrair o escoamento da carga para Suape. “Eu acho que o senador deve estar um pouco mal informado, inclusive Pernambuco, na gestão do ex-governador Eduardo Campos, ofereceu tudo isso, além de contratar a própria consultoria para acompanhar essas questões”, destacou Augusto Coutinho.