Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Projeto faz aporte de R$ 2,8 bilhões para desestatizar metrô de Belo Horizonte
Transporte Urbano

Projeto faz aporte de R$ 2,8 bilhões para desestatizar metrô de Belo Horizonte

Agência Câmara de Notícias - 21 de setembro de 2021 606 Visualizações
Projeto faz aporte de R$ 2,8 bilhões para desestatizar metrô de Belo Horizonte

Infraestrutura

- R$ 69 milhões serão destinados à construção e adequação de trechos rodoviários em Cariranha (BR-030/BA), Cocos (BR-135/BA-594), Itacarambi (BR-135/MG), Jacuí (BR-265/MG), Juazeiro (BRs 235/407/BA), Manaus (BR-319/AM), Maringá (BR-376/PR), Timbé do Sul (BR-285/SC) e Ribeirão Cascalheira (BR-158/MT).

- R$ 11 milhões vão para construção de terminais fluviais.

- R$ 964 mil vão para desapropriação de área para construção da Ferrovia Transnordestina (EF-232).

Agricultura

- R$ 30 milhões vão para o Fomento ao Setor Agropecuário, com a aquisição de maquinário agrícola e obras de infraestrutura rural em Limeira do Oeste (MG).

- R$ 850 mil se destinam à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), para fiscalização prévia à formalização das operações de formação de estoques públicos, com a captação de informações de safra, preços agropecuários e custo de produção, o levantamento de dados para atender ao Sistema Nacional de Cadastro das Unidades Armazenadoras e a realização de estudos das perdas na pós-colheita, no armazenamento e no transporte de grãos.

Desenvolvimento Regional

- R$ 20 milhões para construção da Barragem Jequitaí em Minas Gerais.

- R$ 3 milhões serão investidos em obras contra as secas para operação e manutenção de pequenas infraestruturas hídricas, com a aquisição de materiais para perfuração e instalação de poços públicos para atendimento à população.

- R$ 10 mil serão para implantação da Adutora do Agreste no Estado de Pernambuco.

Educação

- R$ 10,9 milhões vão manter 45 leitos de UTI no Hospital Universitário da Unifesp, dedicados exclusivamente ao atendimento de pacientes com Covid-19.

- R$ 5 milhões serão destinados à implantação de novos blocos de alojamentos para os alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

- $ 148 mil vão pagar ajuda de custo para moradia e auxílio-moradia nas universidades federais do Paraná e do Maranhão.

Defesa

- R$ 10 milhões para o início de processos licitatórios destinados à aquisição de helicópteros leves para o treinamento de pilotos, no Projeto TH-X.

- R$ 180 mil pagamento de resquício de dívida contratual interna com a Caixa Econômica Federal (CEF) para atender a Política Habitacional estabelecida pelo Comando da Aeronáutica.

Saúde

- R$ 5 milhões serão investidos em obras em andamento para oferecer condições físico-sanitárias a casas da população brasileira, para controle da Doença de Chagas.

Comunicações

- R$ 4,5 milhões serão destinados à continuidade e conclusão da primeira etapa do projeto Infovia Potiguar, de maneira a implantar redes de alta capacidade, interligando instituições de ensino e pesquisa por meio de fibras ópticas de alta velocidade e estabelecendo redes metropolitanas em diversas cidades do Rio Grande do Norte.

Economia

- R$ 4,4 milhões serão direcionadas à execução de contrato de gestão com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) para o aumento da produtividade digital do setor produtivo, o incremento da produtividade das pequenas e médias empresas e a adoção e difusão de novas tecnologias e novos modelos de negócios no setor.

Justiça e Segurança Pública

- R$ 2,7 milhões serão investidos na construção da Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã (MS) e na conclusão do prédio do Centro Nacional de Capacitação e Difusão de Ciências Forenses, em Brasília.

Meio Ambiente

- R$ 1,4 milhão para conclusão da obra de construção da sede do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo).

Turismo

- R$ 1,2 milhão para o atendimento de ações relativas à articulação e ordenamento do turismo e à articulação, cooperação e atuação integrada para o desenvolvimento do setor.