Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Pesquisa avalia microgerador que armazena energia solar
ENERGIA

Pesquisa avalia microgerador que armazena energia solar

Redação do Site Inovação Tecnológica - 16 de maio de 2022 136 Visualizações
Pesquisa avalia microgerador que armazena energia solar

Energia guardada

Os pesquisadores por trás de um sistema de energia que permite capturar energia solar, armazená-la por até 18 anos e liberá-la quando e onde for necessário, levaram o sistema um passo adiante.

Depois de demonstrar anteriormente como a energia pode ser extraída na forma de calor, eles agora conseguiram fazer com que o sistema produzisse eletricidade diretamente, conectando-o a um gerador termoelétrico. Eventualmente, esse sistema poderá ser usado em eletrônicos autorrecarregáveis usando energia solar armazenada e disponibilizada sob demanda.

"Esta é uma maneira radicalmente nova de gerar eletricidade a partir da energia solar. Isso significa que podemos usar a energia solar para produzir eletricidade independentemente do clima, hora do dia, estação ou localização geográfica. É um sistema fechado que pode operar sem causar emissões de dióxido de carbono," disse o professor Kasper Moth-Poulsen, da Universidade de Tecnologia Chalmers, na Suécia.

A tecnologia, batizada de MOST, sigla em inglês para "Sistemas Moleculares de Armazenamento de Energia Solar Térmica", é muito simples, usando uma substância especialmente projetada cujas moléculas mudam de forma quando entram em contato com a luz solar.

Quando a energia é necessária, um catalisador permite que a molécula recupere seu estado original, liberando calor nesse processo - o calor pode ser usado, entre outras coisas, para gerar eletricidade.


Para uso em pequena escala, o sistema químico foi integrado a um nanogerador.
[Imagem: Zhihang Wang et al. - 10.1016/j.xcrp.2022.100789]

Termoeletricidade química

Agora, os pesquisadores suecos juntaram-se a colegas chineses especializados no desenvolvimento de nanogeradores termoelétricos, que conseguiram mesclar as duas tecnologias.

"O gerador é um chip ultrafino que pode ser integrado a eletrônicos como fones de ouvido, relógios inteligentes e telefones. Até agora, geramos apenas pequenas quantidades de eletricidade, mas os novos resultados mostram que o conceito realmente funciona e parece muito promissor," disse o pesquisador Zhihang Wang.

A equipe também está usando sua tecnologia de armazenamento químico de energia em larga escala, nas baterias de fluxo, que permitirão que a energia solar seja armazenada, ou mesmo que o calor do verão seja guardado para o inverno.