Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Escavadeiras: tecnologia como aliada do desempenho e no cuidado com o meio ambiente
Corporativo

Escavadeiras: tecnologia como aliada do desempenho e no cuidado com o meio ambiente

Assessoria de Imprensa - 01 de agosto de 2022 144 Visualizações
Escavadeiras: tecnologia como aliada do desempenho e no cuidado com o meio ambiente

Não é exagero dizer que a tecnologia vem mudando o mundo nas últimas décadas. Acompanhando esta constante evolução, as principais tendências em escavadeiras investem no desempenho da máquina, aliado ao conforto e à segurança para os operadores. Outro ponto primordial é o uso da tecnologia para a preservação do meio ambiente.

Sobre o desempenho, as escavadeiras X3E da Link-Belt, por exemplo, são equipadas com motores ISUZU, projetados com a tecnologia de downsizing, ou seja, motores compactos, mas de grande potência e torque. Atualmente, a ISUZU está empenhada na redução da poluição ambiental como prioridade máxima, desenvolvendo tecnologias de ponta adaptadas aos motores a diesel, tendo como objetivo melhorar cada vez mais suas vantagens que incluem alto desempenho, durabilidade e confiabilidade, assim como a eficiência térmica. Simultaneamente, oferece motores “limpos”, que reduzem as emissões de gases poluentes. O planeta agradece!

Outra tecnologia que já é uma realidade é a telemetria, um sistema de medição de dados feito de forma remota, que os envia a uma central de informação. A linha X3E da Link-Belt é equipada com o RemoteCARE®, um sistema de telemetria GPS exclusivo, que compila informações sobre o desempenho em campo, além de viabilizar o monitoramento completo das máquinas. “Com a telemetria, é possível consegue fazer o monitoramento do equipamento a longa distância, via satélite, 24 horas por dia. É possível saber como está a manutenção, dirimir falhas, que porventura possam ocorrer no equipamento, detectar variações nos indicadores de temperatura e pressão do motor, rotação, status do trabalho realizado, consumo de combustível, entre outros”, descreve o especialista de Produto da Link-Belt Latin America, Vladimir Machado. “É, também, economia de tempo para o gestor, que não precisa se deslocar até o campo para avaliar o trabalho ou promover ajustes. Tudo acontece em tempo real e de forma preventiva”, enfatiza o especialista.

A compra de um equipamento é baseada em vários fatores, sendo os mais relevantes aqueles que estão de acordo com a operação e interesses da empresa. Com a alta dos preços dos combustíveis, o consumo de diesel, por exemplo, é um fator de extrema importância. Neste ponto, a tecnologia da linha X3E é aplicada em motores de alto torque em baixa rotação, bem como sistemas de redução de perdas em cada ponto do processo de operação, como o desligamento automático, a redução da rotação no baixar da lança e giro e o botão de redução da rotação no joystick.

A produtividade também é um ponto importante, relacionada com a movimentação por hora ou por litro de combustível. Para isso, a Link-Belt possui máquinas com elevados torque de giro e força de escavação, caçambas com design voltado para a facilidade na operação e com um sistema de POWER BOOST automático. Trata-se de um reforço de potência auxiliar, capaz de funcionar como um complemento ao conjunto para garantir a eficiência operacional, com um aumento da força hidráulica em até 9%, somente quando for necessário.

“A tecnologia das nossas máquinas é nosso cartão de visitas”, afirma Machado ao enfatizar que o propósito de tudo isso é construir sociedades melhores. “Isso nos mostra como estamos presentes na sociedade: na construção de estradas, pontes, escolas, hospitais, residências, entre outras grandes obras. Para que o nosso propósito tenha êxito, os operadores devem contar com equipamentos seguros e precisamos cuidar do meio ambiente”, conclui o especialista.