Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Produção de estruturas de aço em 2022 gerou faturamento de 16,2 bilhões de reais
AÇO NA CONSTRUÇÃO

Produção de estruturas de aço em 2022 gerou faturamento de 16,2 bilhões de reais

Assessoria de Imprensa - 26 de outubro de 2023 917 Visualizações
Produção de estruturas de aço em 2022 gerou faturamento de 16,2 bilhões de reais

O Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) – entidade gerida pelo Instituto Aço Brasil – em parceria com a Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM), finalizou as edições de 2023 das pesquisas anuais feitas com os fabricantes de estruturas de aço. Realizados pela E8 Inteligência, empresa especializada em pesquisas técnicas e mercadológicas do setor da construção civil, os estudos, referentes ao ano de 2022, apresentam consideráveis números de crescimento, com destaque para aumento de faturamento.

A pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Estruturas de Aço” considera dados de estruturas metálicas, torres de energia para transmissão, torres para energia eólica, estrutura para parque de energia solar e defensas metálicas. As 349 empresas participantes do cenário pesquisado produziram, em 2022, 1,05 milhões de toneladas de aço, um crescimento de 0,5% em relação a 2021, sendo 522,0 mil toneladas em produção de obras de estrutura metálica, 491,7 mil toneladas em produção para obras do segmento de energia e 36,5 mil toneladas em produção de defensas metálicas.

Esse montante levou a um crescimento de 13,2% no faturamento das empresas: o levantamento mostra faturamento de 16,2 bilhões de reais em 2022 ante 14,3 bilhões em 2021, 10,4 bilhões em 2020, 7,1 bilhões em 2019 e 5,1 bilhões em 2018. Os dados apontam que, nos últimos 5 anos, o faturamento das empresas mais que triplicou.

Também realizada pelo CBCA em parceria com a ABCEM, a pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Telhas de Aço e Steel Deck” analisou 106 empresas, com 88% delas atuando exclusivamente na produção de telhas de aço e 9% produzindo telhas de aço e steel deck. Nessa área houve crescimento de 18,3% no faturamento das empresas em relação a 2021, o que corresponde a aproximadamente 8,4 bilhões de reais.

Já o estudo “Cenário dos Fabricantes de Perfis Galvanizados - Light Steel Frame e Drywall” mostrou crescimento de 5,5% (Light Steel Frame) e 9,5% (Drywall) de produção em relação a 2021, com expectativas otimistas para os anos seguintes. As 35 empresas participantes apresentaram um faturamento de 1,38 bilhões de reais, um crescimento de 28,4% em relação ao ano anterior.

Dificuldades
Na pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Estruturas de Aço” relatou-se que para 68,3% dos entrevistados, assim como ocorreu na edição anterior da pesquisa, um dos principais fatores que afetaram o crescimento das empresas em 2022 foi a alta tributação que atinge o setor da construção industrializada. O emprego de material não qualificado também se destacou como fator que dificultou o crescimento.

Já a pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Telhas de Aço e Steel Deck” apontou que a concorrência com o material importado e/ou não qualificado foi a principal dificuldade externa das empresas, citada por quase 60% dos entrevistados.

A pesquisa “Cenário dos Fabricantes de Perfis Galvanizados - Light Steel Frame e Drywall” mostrou que para cerca de 64% dos fabricantes de perfis galvanizados, a concorrência com material importado e/ou não qualificado também é a principal dificuldade externa enfrentada. A baixa cultura de uso do sistema é outro fator que foi citado como dificultador para as empresas.

Diante do cenário apresentado, apesar das dificuldades, também é importante destacar que em todas as pesquisas, mais da metade dos fabricantes mostraram-se otimistas, acreditando em um crescimento de mercado a ser refletido nos estudos de 2024, com olhar para 2023.

Todos os anos, as pesquisas vêm sendo aprimoradas na metodologia, na coleta de dados e na busca de novos fabricantes. É um processo contínuo de melhoria, com objetivo de apresentar uma melhor visão do setor e que consequentemente auxilie no direcionamento de ações para um melhor desenvolvimento do setor da construção em aço.

O CBCA e a ABCEM acreditam que as pesquisas apontam para um 2024 com faturamento ainda maior no setor da construção em aço, por conta do cenário econômico positivo e de maiores investimentos em infraestrutura e habitação com o PAC e o Minha Casa, Minha Vida. As entidades também entendem que as pesquisas servem como suporte para a promoção da construção industrializada em aço junto à sociedade, governo e mercado da construção civil, expondo a real importância e dimensão da construção em aço.

Sobre o CBCA
O Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA) é uma entidade de classe, criada em 2002, com o objetivo de ampliar a participação da construção industrializada em aço no mercado nacional, realizando ações para sua divulgação e apoiando o seu desenvolvimento tecnológico no Brasil.

O CBCA tem como gestor o Instituto Aço Brasil e não é uma entidade comercial. Para acessar os últimos dados divulgados pela entidade, acesse: www.cbca-acobrasil.org.br/site/estatisticas.