Logotipo Engenharia Compartilhada
Home Notícias Telhado verde é alternativa para isolamento térmico

Telhado verde é alternativa para isolamento térmico

Fonte: Karine Wenzel - Ecotelhado e Ecologic Construções - 02 de outubro de 2013 1315 Visualizações
Telhado verde é alternativa para isolamento térmico
 
O verde invadiu as construções. No conceito, no projeto e até mesmo no telhado. Construtoras e clientes investem cada vez mais em coberturas sustentáveis para os seus imóveis. Conforme o diretor de sustentabilidade da Ecotelhado, Renan Machado Guimarães, a explicação para a procura crescente de consumidores pelos telhados verdes está nos benefícios que eles proporcionam: isolamento térmico, redução da ilha de calor e melhoria estética.
Segundo Guimarães, o investimento tem retorno no prazo médio de um ano, graças à economia de energia, resultado da troca de calor mais amena entre o interior do imóvel e o ambiente.
Além disso, ele afirma que a manutenção do telhado é simples. O importante é não esquecer da irrigação. Ele cita que há opções no mercado com reservatórios de água que facilitam a atividade. A poda também não é necessária, mas alguns proprietários optam por fazer mais pela questão estética.
Muitos projetos de obras apostam no telhado verde como diferencial
A engenheira agrônoma da Ecologic Construções, Alexandra Niederauer, reforça as vantagens do telhado verde. Segundo ela, além das questões ambientais como a purificação do ar urbano, através da fotossíntese e da absorção de poluentes, a vegetação na cobertura reduz significativamente a necessidade de climatização dos ambientes e a temperatura cai até 3°C. Alexandra afirma que o teto verde reforça a proteção estrutural do imóvel e elimina a concentração de calor nas coberturas, além de evitar a dilatação e trincas.
O vice-presidente de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Sinduscon da Grande Florianópolis, Olavo Kucker Arantes, ressalta que um dos primeiros empreendimentos a contar com o item no Estado foi o Terra Domus Estreito, um condomínio residencial localizado no Bairro Estreito, em Florianópolis, e que foi entregue há quatro anos. Hoje, Arantes diz que muitos projetos apostam no diferencial.
Um deles é o do Perlage Jurerê, empreendimento da Simple Empreendimentos Imobiliários, previsto para ser entregue daqui dois anos. A gerente do projeto Luana Taiza Morés destaca que a opção pelo telhado verde levou em conta o conforto térmico da edificação e também a estética da cobertura, que fica visível dos apartamentos situados em andares superiores.
:::Fique atento
Na hora da instalação, utilize uma camada impermeabilizante anti-raíz para evitar o surgimento de futuras patologias na edificação.
A manutenção é periódica e requer irrigação.
Se for um telhado verde vegetado com grama, é necessária a poda eventual. No caso de um jardim suspenso com outras plantas, não requer poda, pois ele não cresce muito.
Em caso de instalação não prevista no projeto, é importante verificar se a estrutura tem suporte para aguentar o peso da cobertura verde que varia de 60 a 250 quilos o metro quadrado (se estiver saturado de água), dependendo do sistema.
Quanto custa
R$ 120 o metro quadrado, podendo variar conforme o modelo e a vegetação utilizada.